Imprimir

História do mergulho no mundo

Posted in Notícias

img2-710x300-crop

O mundo é formado por três quartos de água. A curiosidade em saber o que está escondido nesta parte imensa do nosso planeta existe no homem há milhares de anos, sendo impossível afirmar quando o mergulho começou a ser praticado. Sua história mistura esforços para se explorar distâncias e profundidades cada vez maiores e para se criar equipamentos que possibilitassem esta experiência. A técnica mais primitiva – prender a respiração e mergulhar – já era usada na Antigüidade, em baixas profundidades, para a busca de alimentos nos rios e mares e de riquezas submarinas.

Na Coréia e no Japão, por volta do ano 4 mil antes de Cristo, datam registros de mergulhadoras especialistas em coletar as pérolas, conchas e esponjas. Este mergulho era conhecido como “Hae-Nyu” e existe até hoje. Pela guerra – Durante muito tempo, o mergulho foi usado com fins militares: resgatar embarcações naufragadas, cortar cordas de âncoras, perfurar barcos adversários ou como meio alternativo à terra para entrar no terreno inimigo. Não havia equipamentos específicos, mas já na época de Alexandre, o Grande, eram usados aparelhos – no caso, um tipo de recipiente como um sino – para facilitar a respiração embaixo d’água. O aparelho evoluiu para tubos (“avós” do que hoje é o snorkel), em ações predominantemente realizadas em guerras visando surpreender o inimigo.

Em 1500, Leonardo da Vinci desenhou o que pode ser considerado o primeiro aparato de mergulho combinando o suprimento de controle de ar com o controle da flutuação. Não há provas de que o equipamento tenha sido construído ou testado. Anos depois foram aperfeiçoados os “sinos” de mergulho. Este equipamento foi construído e patenteado no século 17 pelo astrônomo Edmundo Halley. Dali para frente, o objetivo era encontrar maneiras mais práticas e eficientes de mandar ar para o mergulhador. O escafandro – O escafandro, roupa fechada alimentada por uma bomba manual que mandava o ar para um capacete de metal, equipado com válvula de saída de ar, foi inventado em 1819 por Augustos Siebe. Em 1866, o francês Benoist Rouquayrol, desenvolveu o SCUBA (Self-Contained Underwater Breathing Apparatus), ainda sem um suprimento de ar de alta pressão. O SCUBA foi descrito por Júlio Verne na “Vinte Mil Léguas Submarinas”. No século 20, junto à evolução dos aparelhos, surgiram problemas – e muitos casos fatais com a descompressão.

O fisiologista inglês J. S. Haldame estudou mergulhadores e criou as tabelas de descompressão, com métodos de paradas numa certa profundidade por tempo determinado. As tabelas foram aperfeiçoadas e até hoje são fundamentais num mergulho mais profundo. Criadas também as câmaras de descompressão, muitas mortes e doenças foram evitadas, abrindo caminho para que o homem conhecesse mais profundamente o mundo subaquático.

comments

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or

Depoimentos

Depoimentos
Nome *

Entrada Inválida
Email *

Entrada Inválida
Mensagem

Entrada Inválida



Depoimentos Recentes

Nilson Oliveira:Parabéns pelo trabalho de vocês. Tudo muito bonito. São realmente pessoas privilegiadas

Binho Araujo: parabéns pelo trabalho.....preservando o meio ambiente sempre....eeeeeeee

Pedro Gouvea: Fala 13 Sul! Escola de excelência! Foi um prazer fazer o curso com vocês. Espero em breve estar mergulhando novamente com essa equipe séria e de qualidade. Abraços e bons mergulhos!!

Parceiros

par erick
par meros
par camping
par sea par baleia

Contato

logo-nova2

Barra Grande, BA, Brasil
Av. Des. Olny Silva, n°10
+55 (24) 99999-8013 Vivo / whatsapp
contato@13sul.com
Skype: dive.13sul

CERTIFICAÇÕES

th pab peq th logo firstresponse peq th parceiros dan3es peq th logo-ssipeq  th parceiros-padi peq