Imprimir

Liveaboard Abrolhos 2015

Posted in Notícias

Destino: Parque Nacional de Abrolhos

 De 27 a 29 de Março de 2015

 Serão 03 dias e 02 pernoites no Parque Nacional de Abrolhos, incluindo:

  • Alimentação completa;
  • Bebidas não alcoólicas;
  • Roupa de cama e de banho e serviço de bordo;
  • Cilindro, lastro, recargas e guia (para mergulhadores);
  • Seguro específico para turismo de aventura.

 Programação:

  • Saída prevista no dia 27/03/15 às 07:30 do Cais de Caravelas com percurso de aproximadamente 03:30 min até o arquipélago;
  • Desembarque na ilha Siriba para observação das aves e seus ninhos.
  • Atividades subaquáticas em diferentes pontos de mergulho;
  • Serão ao todo 08 mergulhos (06 diurnos e 02 noturnos);
  • Retorno no dia 29/03/15 com chegada em Caravelas em torno das 17h

Procedimento para confirmação:

  • Depósito 50% do valor total do pacote até 05 de Janeiro 2015. O restante até o dia 25 de Fevereiro 2015;
  • Enviar por e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. o comprovante de depósito, informando data de saída e nome do responsável pelo grupo;
  • Comunicar caso haja qualquer restrição, seja alimentar ou de saúde;
  • Enviar por e-mail, nome completo, CPF, data de nascimento e local de origem de cada participante, para contratação do seguro.

Entre em contato e faça a sua reserva. Vagas limitadas!

(73) 3258-6355
skype: dive.13sul
whatsapp: (71) 9202-8083

 

 

 

 

Imprimir

Roupa de Mergulho

Posted in Notícias

roupa-de-mergulho1-300x151

 

Roupa de Mergulho

A roupa de mergulho, ou neoprene, é uma peça muito importante no sistema total de mergulho, ela é responsável pelo conforto do mergulho, pois mantém a temperatura do corpo. Sem o neoprene com certeza o mergulho acabaria mais cedo devido ao frio, já que na água perdemos calor 25 vezes mais rápido que na superfície, sendo a cabeça o membro que mais perde calor (cerca de 20 vezes mais rápido do que qualquer parte do corpo). Antes de comprar uma roupa de mergulho você deve saber alguns detalhes importantes pra não errar na compra. Vamos nos basear nas perguntas que geralmente são feitas por alunos do curso básico de mergulho Open Water Diver.

Dúvida frequentes:

1. O que devemos saber antes de escolher uma roupa de mergulho?

- Antes de mais nada, devemos saber aonde vamos mergulhar e com que frequência vamos mergulhar. Por exemplo: vou mergulhar apenas aqui no Brasil, mas na região sul ou na região nordeste? E se vou pra fora do país? Bem, de qualquer forma, tenho que saber um pouco do clima do lugar pra saber a temperatura da água . Tendo esclarecido que lugares pretendo mergulhar preciso apenas saber que tipo de mergulho quero fazer. AÍ vem a minha próxima dúvida.

2. Existe roupa apropriada para cada tipo de mergulho?

- Sim. Existe roupas com espessuras que variam entre 1mm e 7mm, geralmente se recomenda o uso do neoprene em todos os mergulhos por mais quente que seja a água. Se você pensa em fazer mergulhos consecutivos por vários dias é altamente recomendado o uso de uma roupa de mergulho para manter a temperatura corporal, lembre-se que na água perdemos calor mais rápido que no ar e o fato de ser água com temperatura de 28 graus não quer dizer que você não vai passar frio se ficar um longo tempo exposto. Como regra podemos dizer que quanto mais fria for a água maior a espessura do neoprene, não esquecendo que para águas mais frias é altamente recomendado o uso de um capuz que em alguns modelos de neoprene já vem integrado e na maioria dos modelos vem separado deixando para o mergulhador a escolha de adquirir ou não. O uso do capuz é ignorado por alguns mergulhadores pelo fato do desconforto, porém, existem vários modelos de capuzes, escolha um que se adapte bem e você percebera que um detalhe pequeno como o capuz pode fazer muita diferença no seu mergulho. Sabendo disso, agora só me falta escolher o tipo de roupa que quero.

3. Existe tipos de roupas diferentes?

- Sim. Existe três tipos de roupa de mergulho:

Úmida: é o modelo mais simples e mais usado, varia entre 1mm e 5mm e geralmente usado onde a água é mais quente, tem um zíper simples e tem uma maior circulação de água no seu interior.

Semi Seca: Esse modelo está sendo mais usado hoje em dia devido ao grande número de mergulhadores que buscam por mergulhos mais profundos, ou com maior permanência no fundo, a circulação de água é menor que na roupa úmida e tem um zíper estanque (que não permite a passagem de água por ele) e sua espessura geralmente é de 6mm a 7mm.

Seca: Esse modelo de roupa é menos usado do que os outros anteriores, mas é muito usado em mergulhos onde a temperatura está abaixo de 10 graus e mergulho no gelo. O mergulho técnico tem sido o grande responsável pelo grande crescimento pela procura de roupa seca quanto pela grande tecnologia aplicada em sua fabricação. Existem roupas secas extremamente resistentes, pois o ambiente onde são usadas (cavernas, naufrágios ou grandes profundidades) exigem o máximo do equipamento. As primeiras roupas secas eram bem rústicas e pesadas, como a de neoprene prensado por exemplo, e hoje existem modelos super leves, muito maleáveis e super resistentes a cortes. Ela não deixa a água entrar devido a sua vedação nos punhos e pescoço e vem com uma bota integrada.

4. Quais os detalhes mais importantes?

- Ao adquirir sua roupa de mergulho você deve prová-la antes de tudo, ela deve ficar bem justa (não apertada), não limitar seus movimentos (embora um neoprene mais grosso com certeza ira limitar um pouco alguns movimentos), ter uma boa vedação nos punhos, tornozelos e pescoço. Em uso deve-se ter cuidado com o zíper de roupas secas e semi secas, ele deve permanecer lubrificado e ser fechado e aberto sem força excessiva. Qualquer neoprene deve ser guardado num cabide, lavar com água e detergente neutro e seco na sombra.

Toda vez que for adquirir um equipamento de mergulho, por mais experiência que tenha, consulte sua escola de mergulho, equipamentos como roupas secas necessitam de treinamento adicional para seu uso correto. Nunca mergulhe além do seu treinamento, toda tecnologia empregado no mergulho é para tornar seu mergulho mais confortável e seguro por isso não seja negligente nem super confiante, mantenha seu equipamento com manutenção em dia e aproveite o máximo os seus mergulhos.

Redação: Alan Oliveira (Instrutor PADI)

Imprimir

Flutuabilidade

Posted in Notícias

flutuabilidade-710x300-crop

Durante todo o tempo que passamos debaixo da água, por mais experiência que tenhamos, algumas coisas não vão mudar. Por exemplo a nossa respiração, a equalização dos nossos espaços aéreos, nosso posicionamento (trim) e a nossa natação. Todo o tempo que estivermos mergulhando estaremos nos preocupando com esses fatores, porém, com o passar do tempo cada vez menos nos preocupamos com eles, pelo fato de agregarmos experiência e conhecimento, mas o fato é que sempre precisamos estar atento a esses detalhes cruciais.

Uma boa flutuabilidade conserva o ar do nosso cilindro, evita choques com o fundo e com os corais, consequentemente nos acalma e deixa o mergulho mais prazeroso. Mas para atingir uma boa flutuabilidade é necessário ajustar os detalhes cruciais (respiração, posição e natação), que no inicio parecem coisas impossíveis e com o passar dos dias se tornam uma diversão.

Tudo começa com um bom ajuste do equipamento, quantidade e posição correta do lastro, que gira em torno de 10% do peso do mergulhador (mas não é uma regra), a espessura da roupa de exposição (neoprene), colete equilibrador do tamanho correto e com as tiras bem ajustadas. Depois de tudo pronto vamos para a água e desinflamos o colete equilibrador e com o pulmão cheio flutuamos com água ao nível dos olhos ou cobrindo a máscara. Mas para ficar um pouco mais claro vamos ver o que diz o Principio de Arquimendes.

Um corpo total ou parcialmente imerso em um fluido sofre um empuxo que é igual ao peso do volume do fluido deslocado pelo corpo. Assim, um corpo imerso na água torna-se mais leve devido a uma força, exercida pelo líquido sobre o corpo, vertical e para cima, que alivia o peso do corpo. Essa força do líquido sobre o corpo é denominada empuxo ou impulsão. Resumindo, quando mergulhamos um corpo em um líquido, o corpo desloca uma quantidade de líquido igual a seu volume, e o peso desse volume de líquido deslocado é subtraido do peso do corpo pela força denominada empuxo. Quando o objeto desloca mais água do que seu peso ele é positivo (flutua), deslocando menos água do que seu peso ele é negativo (afunda) e deslocando a mesma quantia de água ele se matem neutro.

Detalhes importantes:

Respiração: responsável pelo ajuste fino da flutuabilidade, o primeiro pilar da flutuação, a quantia de ar que colocamos em nossos pulmões associado com a quantia de ar que injetamos em nosso colete equilibrador é que vai dizer se estaremos neutro, positivo ou negativo, lembrando que nossos pulmões enchem e esvaziam constantemente, manter o ritmo respiratório é muito importante.

Posicionamento (trim): um bom trim evita uma natação excessiva, pois melhora a hidrodinâmica do mergulhador (gera menos arrasto), conservando o ar consequentemente. Outra vantagem do bom posicionamento é que temos uma ótima oxigenação do corpo, pois estamos na posição horizontal e com as pernas levemente inclinadas (algo em torno de 45 a 90 graus), a famosa posição de paraquedista.

Natação: muito se fala sobre a respiração correta, o posicionamento correto, que as vezes muitos mergulhadores esquecem que a natação é um fator extremamente importante e que precisa de muita atenção durante o mergulho. Seja pelo fato de não bater nos corais, não levantar sedimento do fundo, assim como pelo fato de que trabalhar estilos diferentes de natação pode evitar a fadiga de um determinado grupo muscular. Alguns estilos mais usados são a natação de sapo (frog), estática, helicóptero, e a natação de ré. Em ambientes como cavernas e naufrágios outras técnicas podem ser exploradas, porém nunca entre em ambientes nos quais você não recebeu treinamento ou não possui equipamento apropriado.

O equipamento, o mergulhador, a técnica ou experiência que ele possui e toda a logística empregada em uma operação de mergulho são um conjunto do sucesso. Cuide de seu equipamento, da sua saúde, nunca mergulhe além do seu nível de treinamento e muita atenção aos detalhes. Bons mergulhadores estão sempre evoluindo tecnicamente, por mais experiência que você julgue ter sempre existe algo que se pode aprender.

Fonte: Alan Diego

Depoimentos

Depoimentos
Nome *

Entrada Inválida
Email *

Entrada Inválida
Mensagem

Entrada Inválida



Depoimentos Recentes

Nilson Oliveira:Parabéns pelo trabalho de vocês. Tudo muito bonito. São realmente pessoas privilegiadas

Binho Araujo: parabéns pelo trabalho.....preservando o meio ambiente sempre....eeeeeeee

Pedro Gouvea: Fala 13 Sul! Escola de excelência! Foi um prazer fazer o curso com vocês. Espero em breve estar mergulhando novamente com essa equipe séria e de qualidade. Abraços e bons mergulhos!!

Parceiros

par erick
par meros
par camping
par sea par baleia

Contato

logo-nova2

Barra Grande, BA, Brasil
Av. Des. Olny Silva, n°10
+55 (24) 99999-8013 Vivo / whatsapp
contato@13sul.com
Skype: dive.13sul

CERTIFICAÇÕES

th pab peq th logo firstresponse peq th parceiros dan3es peq th logo-ssipeq  th parceiros-padi peq